Translate - Google tradutor!!!

RADIO - AO VIVO

Rádio Jovem Pan Florianópolis
101,7 MHz - AO VIVO

Carregando o player...

https://plus.google.com/u/0/dashboard

Pesquise aqui: Blog e Links + Web

sábado, 21 de outubro de 2017

Coloquei um booster/amplificador e a imagem ficou pior. Por quê?


Neste post vamos explicar quando não usar o booster e os motivos que podem ter levado a imagem da sua TV a piorar após a instalação do booster ou amplificador.
Pode ser no analógico ou no sinal digital, se a antena não tem um bom ganho ou se o sinal recebido é muito baixo no local, temos que usar um booster, porém, muitas pessoas compram um equipamento desses e na verdade o sinal piora. Vamos a alguns casos mais comuns:
1 – Booster de qualidade ruim: Com a facilidade de importação, muitos equipamentos ruins estão à venda no mercado, leia nosso post sobre booster para saber qual comprar. Uma dica importante é verificar se a placa está envolvida por uma parte metálica, que vai protegê-lo contra os sinais não provenientes da antena.
2 – Usando booster em locais onde há sinal forte: Com sinal fraco, o booster é um equipamento que amplifica bastante o sinal recebido pela antena, mas ele deve ser usado aonde todos os canais chegam com sinal fraco. Em alguns locais, somente usando a antena temos canais que chegam com bastante sinal na TV e outros com sinal fraco, pode ser por que a transmissão deste canal seja fraca ou por estar sendo transmitido de outro local.
Quando isso acontece, se o usuário colocar um bootser muito forte, por exemplo, o de 40 dB, o sinal do canal que já chega forte somente com a antena. Vai ficar muito mais forte com o booster e assim vai ocorrer uma situação que tecnicamente é chamada de saturação de sinal, ou seja, sinal muito além do necessário para o funcionamento do booster e muito além do necessário para que se obtenha uma boa imagem na TV.
Nestes casos, uma tentativa é usar o booster de 26 dB para que o sinal forte não sature e para que o sinal fraco melhore um pouco.
3 – Usar booster de VHF sem cortar o FM na antena: Dentro do VHF temos os canais VHF baixos (2 até 6) e os VHF altos (7 até 13), acontece que no meio desses canais estão as frequências para rádio FM.
Todas as antenas projetadas para receber VHF recebem também FM. Como em quase 100% dos locais temos transmissoras de FM local, o sinal chega muito forte nas antenas, nossa TV não recebe esse sinal de FM, porém, quando instalamos um booster para VHF, o sinal de FM capturado pela antena entra no nosso booster ocorrendo a mesma situação do caso acima, saturando nosso equipamento.
O componente eletrônico que faz a amplificação do sinal na maioria dos booster é um transistor chamado BFR. Ao ser injetado um sinal muito forte neste componente, ele entra em saturação e perde todas as suas características de amplificação, distorcendo todas as frequências e resultando na piora ou na ausência total de sinal que pode ser transformado em som e imagem por sua TV.
Podemos resolver este problema instalando um filtro corta FM entre a antena VHF e o booster. Este filtro corta FM é bem barato e pode ser encontrado com facilidade nas lojas especializadas.
Um resumo básico sobre esse post para não ter problemas ao usar o booster:
– Compre um equipamento de qualidade;
– Só use amplificadores quando for realmente necessário, ou seja, quando todos os canais estiverem com chuvisco;
– Sempre que instalar um booster VHF deve ser instalado um filtro corta FM entre a antena de VHF e o booster.

Fonte: http://www.melhorantena.com.br/coloquei-um-boosteramplificador-e-imagem-ficou-pior-por-que/

Olá Satentusiastas! Quem tiver alguma dúvida poderá postar uma mensagem aqui. "Postar um comentário" Obrigado. Francisco Crispim
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...